Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Des i - depois, em seguida

CULTURA | MUNDO | ENTREVISTAS | OPINIÃO

Des i - depois, em seguida

CULTURA | MUNDO | ENTREVISTAS | OPINIÃO

11º Festival Internacional de Música da Primavera

 

Viseu não é uma cidade simples. É uma cidade com vida, quer queiramos admiti-lo ou não. Apesar de todos os problemas que tantos insistem em trazer ao de cima, Viseu continua a ser uma cidade com movimento, iniciativa e cultura. Achamos sempre que é pouco, e em certas coisas até poderá ser. Contudo Viseu é uma cidade onde há espaço para todo o tipo de cultura.

Pela décima primeira vez, com o apoio do Município de Viseu, o Conservatório Regional de Viseu Dr. Azeredo Perdigão apresenta o Festival Internacional de Música da Primavera. Com uma grande variedade de concertos, concursos de instrumentistas, masterclasses, concertos pedagógicos, incluindo também o Concurso Internacional de Guitarra, a cidade de Viseu vai ficar preenchida com musicas que soarão das grandes salas da cidade, desde o Clube de Viseu, Catedral, Igreja da Misericórdia, Aula Magna do IPV, entre outros locais.

O mês de abril, será, portanto, um mês recheado com grandes músicos e grandes concertos. O bilhete para cada um dos concertos é de 5€.

Perder oportunidades como estas é deixar de lado o valor e o trabalho do que ainda se vai fazendo pela cultura neste país onde se privilegiam coisas banais e se esquece daquilo que enriquece as mentes e não esvazia as carteiras.

Para quem quiser ver melhor o programa, poderá visitar a página (aqui).

índice.jpg

No passado domingo, pelas 17horas, aconteceu um grande concerto na Igreja da Misericórdia, onde foi possível ouvir-se composições de François Couperin no magnífico órgão de tubos daquela igreja.

Deixo um pouco do que se pode escutar.

 

 

 

Espero, sinceramente, que todos aqueles que consigam assistir a alguma destas atividades, que o faça, também com o intuito de crescer culturalmente.

Ao Conservatório Regional de Viseu Dr Azeredo Perdigão e ao Município de Viseu, os mais sinceros parabéns por mais um ano com esta iniciativa e que tornem a nossa cidade, cada vez mais, fonte de cultura para todos aqueles que dela desejam beber.

 

 

1 comentário

Comentar post