Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Depois em Seguida

CULTURA | MUNDO | ENTREVISTAS | OPINIÃO

14 de Maio, 2020

#odiaemqueopoemarebentoudochão, Lains de Ourém

somosogrito.png

© Iolanda Moutinho 

 

Somos o grito

Rápido

Das romãs a racharem

A pele sequiosa

À luz outonal da aurora.

 

Depois

Buscamos a melhor sede

Para que façam

Algum sentido

Os bagos

E o tempo de sacrifício guardado para os filhos.

 

Como viemos

Acabamos.

E só a memória rubra

Pode ser nódoa em linho

Como marca perene

Nos amigos

Também eles esforço vegetal

Ao sol amargo do inabalável silêncio.

 

Lains de Ourém

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.