Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Depois em Seguida

CULTURA | MUNDO | ENTREVISTAS | OPINIÃO

15 de Maio, 2020

#odiaemqueopoemarebentoudochão, Pedro, o Leitão

lenho.png
©Iolanda Moutinho


Lenho

 

Arranquem-me o cabelo!

Arranquem-me as unhas!

Arranquem-me os dentes!

Se isso vos faz contentes.

 

Arranquem-me o orgulho Pouco me importo

Arranquem-me tudo o que em mim ainda é digno

Eu isso cá bem o suporto

 

Arranquem-me as raízes e a memória

A minha pátria e a própria História

(Nem nunca foi essa a minha Glória)

 

Arranquem-me tudo o que vos seduz

Arranquem-me a vida, já vos disse!

Mas não me arranquem da Cruz.

 

Pedro, o Leitão

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.